As estatísticas confirmam o que o senso comum já desconfiava: o motociclista é a pricipal vitima
da violência do trânsito.
Segundo dados da Seguradora Líder-DPVAT, responsável pelo seguro obrigatório para os
acidentes do trânsito, dos 90 mil casos de indenizações em acidentes graves com vitimas, quase 80 mil envolvem motociclistas; eles também são 6 mil dos 9 mil mortos nesses acidentes.

Apesar de todos os outros fatores de risco que influenciam nessas tristes estatísticas, o comportamento do próprio motociclista
conta muito. Com menos imprudência e mais respeito à legislação de trânsito, rodar de motocicleta fica muito mais seguro. Por isso, neste boletim, enumeramos algumas atitudes que ajudarão o condutor de moto a fazer seus deslocamentos com segurança.




Fonte: CESVI BRASIL.